Marcar consulta

Injeção intravítrea: tratamento avançado para doenças oculares

No Oftalmos Hospital de Olhos, estamos comprometidos em oferecer tratamentos avançados e personalizados para uma ampla gama de condições oftalmológicas. Uma dessas opções inovadoras é a injeção intravítrea, um procedimento que se tornou uma ferramenta crucial no tratamento de doenças oculares, como a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) e o Edema Macular Diabético (EMD).

Imagem ilustrativa

O que é a injeção intravítrea?

A injeção intravítrea é um procedimento médico minimamente invasivo que envolve a administração de medicamentos diretamente dentro do corpo vítreo, a substância gelatinosa que preenche o interior do olho, localizada entre a lente e a retina.

Esse método de tratamento é comumente utilizado para entregar medicamentos diretamente à área afetada para condições que impactam a retina e outras partes do fundo do olho, oferecendo uma forma eficaz de tratar várias doenças oculares graves e potencialmente preservar ou melhorar a visão do paciente.

Como é realizada a injeção intravítrea?

Durante o procedimento de injeção intravítrea, o paciente é anestesiado localmente para garantir conforto durante a intervenção. 

Em seguida, o oftalmologista insere uma agulha fina no globo ocular, geralmente na área próxima à esclera (a parte branca do olho) e injeta o medicamento diretamente no vítreo. 

O procedimento é rápido e realizado no consultório, geralmente não requer internação hospitalar.

Quando o procedimento é indicado?

A injeção intravítrea é um procedimento médico que envolve a administração de medicamentos diretamente no corpo vítreo, que é a parte gelatinosa localizada no interior do olho, atrás da lente e em frente à retina.

O tratamento é indicado para uma variedade de doenças oculares que afetam a retina e outras partes do fundo do olho, proporcionando uma entrega direta de medicamentos na área afetada para eficácia máxima. As condições mais comuns que podem ser tratadas com injeções intravítreas incluem:

  • Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)
  • Edema Macular Diabético (EMD)
  • Retinopatia Diabética Proliferativa (RDP)
  • Oclusão de veias retinianas
  • Neovascularização coroidal
  • Uveíte
  • Infecções oculares

Cuidados pré-operatórios

Antes do procedimento de injeção intravítrea, é importante seguir algumas orientações para garantir uma experiência cirúrgica bem-sucedida.

Alguns cuidados pré-operatórios comuns podem incluir:

  • Realizar exames oftalmológicos abrangentes para avaliar a saúde ocular e determinar a necessidade do procedimento
  • Discutir quaisquer preocupações médicas ou alergias com o oftalmologista
  • Informar ao médico sobre todos os medicamentos que você está tomando, incluindo prescrição, over-the-counter e suplementos.

Cuidados pós-operatórios

Após a injeção intravítrea, é essencial seguir as instruções do oftalmologista para garantir uma recuperação adequada e prevenir complicações.

Alguns cuidados pós-operatórios podem incluir:

  • Usar colírios ou medicamentos prescritos conforme orientação médica para ajudar na cicatrização e prevenir infecções;
  • Evitar esforço físico e atividades extenuantes durante alguns dias após o procedimento;
  • Agendar consultas de acompanhamento regulares para monitorar a resposta ao tratamento e a saúde ocular geral.

Oftalmos: referência em injeção intravítrea

No Oftalmos Hospital de Olhos, somos reconhecidos como uma referência em injeção intravítrea e tratamento de doenças oculares complexas. 

Se você está considerando uma injeção intravítrea para tratar uma condição ocular, saiba que pode confiar no Oftalmos Hospital de Olhos para oferecer os mais altos padrões de cuidado e precisão. 

Entre em contato conosco hoje mesmo para agendar uma consulta e descobrir como podemos ajudá-lo a preservar sua visão e qualidade de vida.