Lentes de Contato

Oftalmos
Oftalmos

O uso de lentes de contato pode facilitar o cotidiano de pessoas com estilo de vida agitado ou em atividades específicas, como praticar exercício físico. Além disso, são uma excelente opção para quem não se adaptou ao uso dos óculos ou prefere não utilizá-los por motivos estéticos. Por qualquer razão que seja, temos disponível no mercado uma grande variedade de estilos de uso das lentes de contato, sendo facilmente adaptável ao problema que se quer corrigir e com o estilo de vida de cada um.

Para fazer uso de lentes de contato é preciso passar por uma avaliação com um oftalmologista. Nessa avaliação, o médico pedirá exames e verificará qual o melhor tipo de lente para você e qual se adapta melhor aos seus olhos. No Oftalmos – Hospital da Visão, há uma área exclusiva para essa finalidade, para que você possa testar de forma segura e eficaz qual variedade é a mais adequada.

Conheça tudo sobre elas:

As lentes de contato são lentes ópticas pequenas e finas, usadas diretamente sobre o olho para corrigir a sua visão. Você pode usar lentes de contato para corrigir erros de refração, como:

  • Miopia e hipermetropia: São lentes esféricas. Corrigem problemas básicos de visão, incluindo dificuldade em enxergar de longe (miopia).
  • Astigmatismo: São lentes tóricas. Corrigem astigmatismo ao compensar a diferença de grau existente entre os eixos refrativos do olho.
  • Presbiopia: São lentes de contato bifocais ou multifocais. São utilizadas para corrigir presbiopia (a incapacidade de focar com precisão para uma visão nítida de perto, também conhecida como “vista cansada”).

O tipo de correção visual de que você precisa é o fator que determinará o tipo de lente de contato que seu oftalmologista prescreverá.

Lentes de Contato podem ser indicadas para fins estéticos ou terapêuticos e podem substituir os óculos em casos de miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia, facilitando o dia a dia do usuário, a prática de exercícios físicos, estética, etc.

Usar lentes de contato é seguro, desde que a adaptação seja criteriosa e que sejam respeitadas as orientações de manutenção, tempo de uso e de troca orientados por seu médico e pelo laboratório.

Existem basicamente dois tipos de lentes de contato: as rígidas (gás-permeáveis ou não) e as gelatinosas (hidrofílicas e silicone hidrogel).

Lentes Rígidas: são mais duráveis, mais fáceis de limpar, corrigem quase todos os tipos de grau, e podem ser usadas simultaneamente com a maioria dos colírios. Entretanto, podem ser desconfortáveis durante o período de adaptação e são mais fáceis de se deslocarem. Indicadas para pacientes com ceratocone.

Lentes Gelatinosas: A maioria das lentes de contato atuais são gelatinosas ou hidrofílicas, o que significa que elas contêm uma grande quantidade de água (é dessa forma que elas permanecem macias). As lentes gelatinosas são extremamente finas e feitas de materiais que deixam passar o oxigênio para o olho. As lentes gelatinosas são confortáveis desde o primeiro dia de uso e raramente se deslocam, porém não corrigem graus altos de astigmatismo nem pode ser usadas por pacientes com ceratocone.

Além do diferente tipo de material, as lentes de contato diferem entre si quanto ao tempo de uso, podendo ser:

  • Convencional (tradicional) de uso diário Fabricada em plástico macio e flexível que permite a passagem do oxigênio para os olhos. É seguido um programa de uso diário ou noturno. As lentes são substituídas anualmente.
  • Descartável diariamente As lentes são usadas no máximo por 24 horas antes de serem substituídas.
  • Descartável de uso diário As lentes são usadas diariamente e substituídas quinzenal ou mensalmente.
  • Descartável de uso prolongado Disponíveis para uso noturno, as lentes são usadas por um período de tempo prolongado, de um a seis dias, e então descartadas.
  • Troca planejada Lentes macias de uso diário substituídas através de um programa planejado, normalmente a cada duas semanas, mensalmente ou quinzenalmente.

Lembre de que apenas o seu oftalmologista pode determinar a combinação de contato e solução que é correta para você.

O usuário de lentes de contato deve seguir regras básicas, mas criteriosas para manter a higiene e boa manutenção, evitando assim problemas como infecções e alergias. Elas garantirão que usar lentes de contato seja um benefício à sua saúde ocular. Siga sempre as orientações de seu oftalmologista.

Lave sempre as mãos com água morna e sabão antes de manusear suas lentes de contato ou antes de tocar em seus olhos. Qualquer resíduo de loções, sabonetes, produtos químicos pode aderir à lente de contato, causando dor, irritação, visão turva ou quando estão em seus olhos. Seque as mãos com uma toalha limpa e não muito felpuda.

Use suas lentes de contato como prescrito. Seu médico irá recomendar um tempo de uso específico para o tipo de lente de contato que você selecionou. Nunca use lentes de contato com prazo de validade vencido.

Limpar e armazenar suas lentes de contato, conforme prescrito. Tipos diferentes de lentes de contato requerem cuidados especiais e certos tipos de produtos. Usar sempre os produtos recomendados por seu oftalmologista e/ou fabricante.

Limpe seu estojo de lentes de contato após cada utilização com solução estéril ou água quente da torneira e deixar secar ao ar ou com papel toalha.

Nunca use água pura diretamente em suas lentes de contato, e nunca colocar suas lentes de contato em sua boca para “lavar” elas. Microorganismos podem viver em água destilada, causando infecção ou dano à vista.

Limpe a sua lente de contato, esfregando-a suavemente com o dedo indicador na palma da sua mão com algumas gotas da solução estéril.

Se você estiver com os olhos irritados (vermelhidão, ardor, lacrimejamento excessivo), remova suas lentes de contato e interrompa o uso até que você possa conversar com seu oftalmologista. Usar um par de lentes de contato contaminadas é perigoso. Depois de retomar o uso de lentes de contato, siga de perto as instruções do seu médico para ajudar a prevenir infecções de olho no futuro.

Não durma com suas lentes de contato. Enquanto os olhos estão fechados, as lágrimas não podem transportar quantidades saudáveis de oxigênio para o olho, como durante as horas de vigília. Como resultado, suas lentes de contato se tornarão secas e podem causar desde infecção até perfuração nos seus olhos. Se o fizer adormecer acidentalmente com suas lentes de contato, não se esqueça de colocar colírio lubrificante antes de tentar remova-las.3

Coloque suas lentes de contato antes de aplicar maquiagem para evitar a contaminação. Ao remover sua maquiagem não se esqueça de lavar e secar as mãos. Depois de ter feito isso, remova suas lentes de contato e só após remova a sua maquiagem.

Vá ao seu oftalmologista imediatamente se tiver qualquer perda repentina de visão, visão turva persistente, flashes de luz, dor ocular, infecção, inchaço ou vermelhidão.

Não deixe que a ponta de frascos de soluções toque outras superfícies, incluindo os dedos, olhos ou lentes de contato. A solução pode tornar-se contaminada.

Consulte o seu médico anualmente para verificar a sua prescrição de lentes de contato.

Fonte: Oftalmos Hospital da Visão / SOBLEC / Johnson&Johnson/ American Optometric Association